Teatro

Medeia

2007

Medeia

Assassinato, carnificina, crueldade, sofrimento, humilhação, engano, lascívia, fúria, desespero, vingança e tragédia são alguns dos ingredientes desta comédia negra de arrepiante hediondez representada pela Companhia Paulo Ribeiro e pela Companhia do Chapitô  neste (re)contar do conhecido mito Grego.

Uma criação: Colectiva
Encenação: Jonh Mowat
Interpretação: Leonor Keil, Jorge Cruz, José Carlos Garcia, Marta Cerqueira
Co-produção: Companhia Paulo Ribeiro, Companhia do Chapitô, Teatro Viriato